Escritos de Ontem, Rabiscos de Hoje e .... de um Amanhã!....
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

.... voltei!!!

Ahhh pois é!....

Não foi fácil, continua a não sê-lo, mas arranja-se um bocadinho para a 'cusquice' habitual!

Uiiii, nem sei por onde começar, talvez pelo principio, não!!!???

Pois,....

Bem, comecemos então....

Antes de mais, e já com muito atraso, FELIZ ANO NOVO a todos os meus amigos que me costumam 'visitar'.

Em segundo, um sincero I'M SORRY a todos, sei que estive bastante tempo ausente, mas a intenção não era essa. Foi impossível contornar a situação: primeiro foi a altura do ano, o final de ano é sempre uma altura complicada, fecho de ano, compras de última hora, muito papel, muito stress; depois, foi o facto de estar duas semanas de férias.

Bem, mas entretanto aconteceram imensa coisas, umas boas, outras menos boas, e algumas más.

 

Comecemos pelas boas:

No dia 02 Janeiro o Escritos & Rabiscos foi aniversariante , pois é, fez 2 aninhos . O balanço são mais de 30.000 visitantes, mais de 5.000 comentários, mais de 500 posts, muitas lágrimas e muitos sorrisos pelo meio, amizades extraordinárias, carinho e compreensão, apoio, dedicação.A todos vós o meu muito obrigado por tudo !

Deu-se mais uma aniversário, meu e do gajo, no dia 19 Janeiro, fizemos 10 anos que estamos juntos, infelizmente, por motivos menos felizes, não foi possível festejá-lo. Enfim....

A piolha teve notas bastante boas, 4 a tudo, à excepção de 3 disciplinas [História, Português e Educação Física (aaaaiiiiiaaaaiiiii, igualzinha à mãe, lol)]  óoooo pa mim a babar!

 

Agora, as menos boas:

Aqui a vossa amiga submeteu-se a uma pequena cirurgia que a enviou direitinha para a baixa durante duas semanas.

Depois das férias, vim trabalhar dois dias, e logo de seguida, mais duas semanas em casa que é para abrir a pestana.

Ahhh, é que fiquei mesmo irritada, mas comigo mesma. É que fazemo-nos de parvos, no 'ahhh e tal isto não é nada e desaparece'. Pois é não desapareceu e piorou.

A cirurgia foi para remoção de um quisto na virilha. Mas pelo facto de não ter ido ao médico logo quando apareceu, onde a intervenção seria mais fácil e rápida, um cortezito, uma drenagem, um pontito se tanto e estava nova. Assim, deixei passar muito tempo, o quisto rebentou, espalhou-se, e o resultado foi um corte que deu origem a seis pontos, para conseguirem limpar tudo.

Foram dias difíceis, sem conseguir andar, sentar, ou fazer o que quer que fosse.

Já estou melhor, ainda com pontos, algumas dores, ainda algum inchaço, mas já dá para vir trabalhar. E, mais importante, ir ao curso, sim porque nem isso podia fazer .

 

E por fim, as más:

Acabadinha de vir da baixa, trabalho um dia e tenho logo de me ausentar, o avô do gajo falaceu. Foi muito triste, um senhor cheio de vida e alegria. Muito divertido e simpático.

Esteve connosco no Natal e Passagem de Ano. Nada previa... ( O meu sincero respeito por alguém que tão bem me tratava, como se fosse na realidade neta!)

 

Já regressei ao trabalho, para variar isto estava tudo de pantanas, ainda mais porque a minha ausência foi abrupta e desprogramada.

Foram dias novamente complicados, mas felizmente já consegui meter tudo na ordem.

 

Lá por casa as coisas têm andado calmas, o gajo surpreendeu-me pela positiva com toda a sua preocupação em relação ao meu estado. Mas só nesse aspecto, [LOL], porque a casa continua um nojo e eu sem conseguir fazer nada, e ele sem sequer se dar ao trabalho. Mas enfim.... A pouco e pouco hei-de conseguir organizar tudo novamente!

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 12:14
o meu estado de humor: a meter a conversa toda em dia

Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

E porque definitivamente estes têm sido dias complicados, hoje roubei 5 minutos do atribulado dia, apenas para vos deixar votos de boas festas!

 

os mais populares

carregar imagens


gifs diferenciados
Muito Amor, muito Carinho.... Ahhhh e muitas prendinhas!

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 16:20
o meu estado de humor: boas festas

Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Em miúdos as nossas maiores preocupações eram relacionadas com o tentar passar o mais despercebido possível em relação aos outros, ou tentar o mais possível dar nas vistas (consoante os casos), os problemas de acne, as brigas sem sentido com os amigos e as notas (que também consoante os casos era de tentar ter as melhores ou ver quem conseguia ter mesmo a pior).

À medida que crescemos, olhamos para trás e vemos o quanto eram parvas as nossas preocupações, novas se avizinhavam, outros problemas se impunham.

Hoje em dia, cada dia, parece uma preocupação diferente, mas sempre num ciclo vicioso. Ora hoje resolvemos uma coisa, para no mês seguinte ter de voltar a resolvê-la.

Não sei se será apenas de mim, mas vejo que as coisas se complicam cada vez mais, e mais. Ora se não é daqui, é dali. Ou como diria a minha mãe 'quando não é do cu, é das calças'!

Estes dias foram dias dificeis para mim, dificeis psicológicamente.

Nunca me senti tão incompetente em relação a algo como por estes dias.

Hoje, com trinta anos de idade, sinto-me 'velha', talvez pelo facto de ter 'sido obrigada' a crescer rapidamente, a entrar na idade adulta, com responsabilidades acrescidas, mas a minha visão é a de alguém que pretende estabilidade, física, emocional, financeira, familiar. Mas cada vez mais não a consigo!

Na sexta recebi o primeiro golpe, veio da minha mãe, aparentemente, e uma vez mais, a minha filha precisa da minha atenção, tem-se sentido carente de mim.

E que tenho eu feito? Simplesmente nada!

O facto de estar no curso deixa-me menos tempo para a ir ver, no fim-de-semana acabo por dormir sempre mais um bocado e perco umas boas horas para estar com ela.

Como o tempo não anda para grandes passeios, acabamos fechadas em casa, mas habitualmente cada uma a ver a sua programação.

Devo confessar que ao ouvir as palavras da minha mãe deu-me um aperto na garganta, uma vontade imensa de chorar. De me auto-punir.

O segundo golpe veio no sábado, à hora de almoço. Depois de almoçar e aproveitando o facto do piolha estar a vestir-se para irmos tomar café, tentei falar com o gajo em relação ao que a minha mãe me tinha dito, a reacção foi a menos esperada. Disse-me que ele até passava tempo com ela. Que estava muitas vezes a jogar com ela (mas sempre a esquecer-se que ela é apenas uma criança). Mas quando tentei dizer-lhe que a atenção que lhe deveríamos dar não era exclusivamente a de a ter ali a jogar durante algum tempo, mas sim a de brincar com ela, passear com ela, etc., a resposta foi uma coisa do género: 'Isso para mim são tudo parvoíces, não podemos fazer tudo o que ela quer.' 'É estupidez e eu não concordo'.

Parece que me espetaram algo cá dentro. Doeu até ao fundo da alma!

Ainda hoje, ao relembrar estas palavras, me dói!....

O terceiro golpe foi ontem, depois de uma parvoíce, em que cometi o erro de dizer o que pensava, em que achava que quando ele tinha de fazer alguma coisa lá em casa, era sempre de má vontade, mas quando era para os outros, ia logo a correr e fazia as coisas como deve de ser.

Uma vez mais gerou confusão, uma vez mais, a culpa foi minha, porque aparentemente não sei como falar com as pessoas, porque aparentemente só faço asneira.

Acabei a dizer o que não devia, ou devia, não sei, mas espero que pelo menos o faça pensar.

Acabei por dizer que nada do que fazia era suficiente para ele, que nem eu, nem a minha filha, nem a minha família éramos bons o suficiente para ele.

Aiiii, eu sei, não deveria ter dito aquilo, mas estava enervada. Ando cansada, não me sinto compreendida, não me sinto ajudada, antes pelo contrário....E, para piorar, sinto-me a pior mãe à face da terra.

Hoje estou assim, a sentir-me uma falhada, aparentemente não sei ser uma boa mãe, não sei ser uma boa mulher, não sei ser uma boa dona de casa.Sinto que não sei ser nada.

Hoje sinto-me mais do que nunca egoísta, uma egoísta que com o falso pretexto de saber um pouco mais, de ter mais estudos, de um dia poder dar melhores condições à minha filha, colocar o seu ego à frente de toda a gente, inclusivamente dela, da melhor coisa que tenho na vida, do meu pilar de sustentação - a minha filha.

Hoje sinto-me perdida, quero obrigar-me a pensar, a tentar ser realista, tentar ver as coisas com clareza, mas não consigo.

Só consigo sentir este nó na garganta, a cabeça zonza, e um estômago que não pára de se maltratar pela falta de comida, que é incapaz de passar da garganta para baixo.

O gajo sempre teve esta capacidade, de me deixar a pensar que sou a baixo de zero, mas hoje, não foi somente ele que me fez sentir assim, hoje, eu, por mim mesma, sinto-me assim: um ZERO, um NADA. Alguém que não consegue fazer nada acertado, nem mesmo dar o carinho que a filha tanto precisa....

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 13:39
o meu estado de humor:

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Ok, ok, sei que ando em falta! As minhas sinceras desculpas, mas devo, desde já dizer, em minha defesa, que tem tudo uma explicação lógica e de fácil percepção.

Ora, sem mais delongas, aqui ficam as desculpas (mais do que esfarrapadas, mas muitos verdadeiras).

Aiiii, a minha vidinha tem andado muito ocupadita nos últimos tempos. O facto de ter passado de dois dias semanais a quatro dias em curso, tem-me deixado totalmente de rastos. Agora, isto associado ao imenso trabalho que se tem vindo a desenvolver, e com a chegada do fim do ano, a passos largos, e todo o trabalho administrativo que essa época costuma trazer, é de imaginar que não sobre tempo para muito mais.

Mas hoje fiz finca pé, e disse para mim mesma, que tinha de sair desta 'preguiça de escrita' e dar um arzito da minha graça aqui pelo tão abandonada cantinho!

Nããããaa, o facto de já terem havido reclamações não pesou na vinda vinda, nem pensar nisso.... [LOL]

Bem, mas deixem-me que vos diga que ando mesmo a precisar de uns dias de descanso à séria, é que todos os dias a deitar-me por volta da uma da manhã (nos dias bons) e levantar-me às 6:30, está a deixar-me totalmente sem forças. O facto de não ter curso à quarta-feira também não ajuda muito, porque apesar de me dar algum espaço de manobra no sentido de poder ir ver a piolha, chegar cedito a casa e ter mais umas horitas de sono, traz-me outros 'problemas' um dos quais é ter de fazer jantar para 3 dias (esse mesmo dia, quinta e sexta).

Os fins de semana começam a ser muito curtos para o desejado descanso. O sábado é para as limpezas e o final de tarde de domingo é passado a fazer comida para segunda e terça.

As coisas por casa andam razoavelmente calmas, mas acho que vamos ter de fazer um curso adicional cada um, um de 'como saber falar' e o outro de 'como deixar de ser tão sensível ao que é dito'.

Isto parece uma conversa de malucos, mas a realidade é que parece que andamos sempre muito ofendidos com a forma como o outro por vezes responde, ou diz determinadas coisas.

Bem, eu chamo-lhe cansaço (isto da minha parte), agora o gajo não sei....

O bom disto tudo é que continuo super entusiasmada com o curso, e mesmo, em certos dias, ter uma vontade enorme de me baldar e ir dormir, quando lá chego, desperto e o cansaço parece desaparecer, pelo menos, até a aula terminar, porque depois.... Xiiii, depois é que são elas, o caminho para casa parece ser cada vez mais longo!

E pronto, espero que o pedido de desculpas seja aceite e compreendido!

 

Huuummmm, um passarito disse-me que havia um desafio algures para mim!

Prometo, hoje não, mas em breve, muito em breve, irei aceitá-lo e participar com todo o gosto.

 

Até lá mmmmmuuuuuuaaaaaacccccccccccc

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 16:04
o meu estado de humor: cansadita

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

 

O valor das coisas
não está no tempo
em que elas duram,
mas na intensidade
com que acontecem.
 
Por isso existem
momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e
 pessoas incomparáveis!
 
 
 
Fernando Pessoa
escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 14:07
o meu estado de humor: Bom Fim de Semana

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009

... É o que eu acho deste anúncio!

Fiquei a fã número 1 da Popota!

Vá, toca a abanar o rabiosque...

Popo, popo, popo, popota

Popo, popo, popo, popota

 

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 16:39
o meu estado de humor: wegue wegue wegue
o que ouço: mundo da popota

Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

 IKEA: enlouqueça você mesmo

 

Os problemas dos clientes do IKEA começam no nome da loja.
Diz-se "Iqueia" ou "I quê à"? E é "o" IKEA ou "a" IKEA"?
São ambiguidades que me deixam indisposto.
Não saber a pronúncia correcta do nome da loja em que me encontro inquieta-me.
E desconhecer o género a que pertence gera em mim uma insegurança que me inferioriza perante os funcionários. Receio que eles percebam, pelo meu comportamento, que julgo estar no "I quê à", quando, para eles, é evidente que estou na "Iqueia".
As dificuldades, porém, não são apenas semânticas mas também conceptuais. Toda a gente está convencida de que o IKEA vende móveis baratos, o que não é exactamente verdadeiro.
O IKEA vende pilhas de tábuas e molhos de parafusos que, se tudo correr bem e Deus ajudar, depois de algum esforço hão-de transformar-se em móveis baratos.
É uma espécie de Lego para adultos.
Não digo que os móveis do IKEA não sejam baratos.
O que digo é que não são móveis.
Na altura em que os compramos, são um puzzle.
A questão, portanto, é saber se o IKEA vende móveis baratos ou puzzles caros.
Há dias, comprei no IKEA um móvel chamado Besta.
Achei que combinava bem com a minha personalidade.
Todo o material de que eu precisava e que tinha de levar até à caixa de pagamento pesava seiscentos quilos. Percebi melhor o nome do móvel. É preciso vir ao IKEA com uma besta de carga para carregar a tralha toda até à registadora.
Este é um dos meus conselhos aos clientes do IKEA: não vá para lá sem duas ou três mulas. Eu alombei com a meia tonelada. O que poupei nos móveis, gastei no ortopedista. Neste momento, tenho doze estantes e três hérnias.
É claro que há aspectos positivos: as tábuas já vêm cortadas, o que é melhor do que nada. O IKEA não obriga os clientes a irem para a floresta cortar as árvores, embora por vezes se sinta que não faltará muito para que isso aconteça. Num futuro próximo, é possível que, ao comprar um móvel, o cliente receba um machado, um serrote e um mapa de determinado bosque na Suécia onde o IKEA tem dois ou três carvalhos debaixo de olho que considera terem potencial para se transformarem numa mesa-de-cabeceira engraçada.
Por outro lado, há problemas de solução difícil.
Os móveis que comprei chegaram a casa em duas vezes. A equipa que trouxe a primeira parte já não estava lá para montar a segunda, e a equipa que trouxe a segunda recusou-se a mexer no trabalho que tinha sido iniciado pela primeira.
Resultado: o cliente pagou dois transportes e duas montagens e ficou com um móvel incompleto.
Se fosse um cliente qualquer, eu não me importaria.
Mas como sou eu, aborrece-me um bocadinho.
Numa loja que vende tudo às peças (que, por acaso, até encaixam bem umas nas outras) acaba por ser irónico que o serviço de transporte não encaixe bem no serviço de montagem.
Idiossincrasias do comércio moderno.
Que fazer, então?
Cada cliente terá o seu modo de reagir.
O meu é este: para a próxima, pago com um cheque todo cortado aos bocadinhos e junto um rolo de fita gomada e um livro de instruções. Entrego metade dos confetti num dia e a outra metade no outro.
E os suecos que montem tudo, se quiserem receber.
 
 
 
 
Ricardo Araújo Pereira in Visão
escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 10:25
o meu estado de humor:

Sexta-feira, 06 de Novembro de 2009

.... E nunca mais são seis da tarde!

Finalmente a semana chega ao fim, estou mesmo a precisar de descanso.

Como sou uma moçoila porreira, deixo, aos membros do sexo feminino, votos de um excelente fim-de-semana.

 Huuummmm....

... muito bem acompanhadas.

 (eu já levo a minha companhia...)  *

**

***

****

*****

******

*******

********

*********

**********

 

Vá, vá, meninos, parem lá de reclamar sff!

Não comecem com coisas, ahh e tal isto é um blog de gaja, só podia, discriminação e tal e coisa, e isto, e aquilo...

Antes de começarem com coisas, digo já que não me esqueci dos membros do sexo masculino.

Aqui vai e um Bom Fim de Semana para vocês também!

*

**

***

****

*****

******

*******

********

*********

**********

 

Uma gata no seu melhor.

*

**

***

****

*****

******

*******

********

*********

**********

 

Brincadeirinha, tá?

 Melhorou?

 

 a todos! 

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 15:43
o meu estado de humor: prontinha para o fds

Quinta-feira, 05 de Novembro de 2009

Hoje estou assim:

Murchinha, murchinha.....

É este tempo doentio, nem é carne, nem é peixe, é um misto de nada.

Mas enfim...

Deixem-me então dizer-vos o que andei a fazer por estes dias.

O fim-de-semana foi passado no Norte, a minha mãe queria ir lá passar o dia de Todos os Santos e acabou por me 'rebocar'. Mas até acabou por ser interessante, o gajo e a piolha também foram.

Arrancámos na sexta, eram umas 01H30 da manhã e chegámos às 05H30, foi um pouco desgastante, nunca aquela A3 me custou tanto a fazer.

E digo custou-me, porque fui a conduzir o caminho todo, uma vez que o bólides era do meu pai.

Ainda conseguimos aproveitar o sábado para passear um bocadito, ficando a garantia de que lá voltaríamos, mas desta vez só os três (eu, o gajo e a piolha).

Mas estava lindo, os campos cobertos de folhas, todo aquele ambiente campestre/outonal, fantástico mesmo.

O domingo foi outro tormento, choveu o dia todo, arrancámos depois de almoço e apanhámos chuva intensa até Santarém.

Mas o importante foi deixar a minha mãe feliz, e nós, bem nós acabamos por descansar pouco, passeámos pouco, mas foi um fim-de-semana diferente do habitual.

O curso continua cada vez a complicar mais, mas.... cá me vou arranjando.

Continuo happy, happy e cheia de vontade.

A minha vontade foi melhorada, recebi a informação de que o segundo módulo vai começar na próxima 6ª feira.

Já aqui tinha dito que este módulo que estou a fazer é o segundo mais difícil, agora adivinhem qual vou fazer.

Ahhhh pois é.... O mais difícil de todos - Legislação Laboral. Bahhhhhhhh

Vai ser duro, principalmente porque vou fazer este às 2ª e 6ª e manter o de IRC às 3ª e 5ª, o que significa que fico somente com a 4ª livre.

Ai ai.... Que fazer????

Mas sinto-me bem, sinto-me feliz, sinto-me a valorizar.

Ontem fui a um seminário, deixem-me que diga apenas isto SSSSSSSEEEEEEEECCCCCCCAAAAAAAAAAAAAAA!

Preciso de dizer mais alguma coisa???? Não???? Óptimo!

Era sobre a transição do POC para o SNC, o inicio até foi interessante, mas mais para o meio perdeu o interesse todo. Com um frio desgraçado dentro de uma sala atulhada de pessoal, o AC no máximo e uma dor de cabeça enorme.

Hoje, não sei se foi daquele frio todo, mas sinto-me adoentada, com imenso frio, dores de cabeça, de ouvidos. Sinto a cara a ferver, lábios extremamente secos, e um desconforto geral. Que parece??? Gripe???? E das grossas, né?

Enfim... De resto, permanece tudo calmo e sereno lá por casa, no trabalho uns dias com excesso de trabalho e outros sem nada para fazer (o habitual).

 Huuummmm, agora que já relatei o emocionante que têm sido os meus dias (), deixem-me ir ali tomar mais um chazinho a ver se isto aquece e arrebita porque hoje é dia de curso.

Kisses, fui.....

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 16:50
o meu estado de humor: a precisar 1 chá bem quentinho
tags: , , ,

Terça-feira, 03 de Novembro de 2009

..... Ler destas coisas!

 

 

Eu não vim fazer juras, nem promessas. Estive na tua vida por um curto período de tempo com a intenção de mostrar-te o quanto nós poderíamos ser felizes... Mas fui condenado antes disso... Lembra-te, amei-te  todos os dias em que estivemos juntos, e ainda continuo com esse sentimento cá dentro, não te conseguido esquecer.....

Só lamento não te ter conhecido desde o primeiro dia em que começaste a ser mulher...
  
Entre um mar de estrelas, uma lua incandescente, es tu que ainda me aqueces a alma....

 

escrevinhado por Escritos e Rabiscos às 15:36
o meu estado de humor: assim....

Lilypie Next Birthday Ticker

Quem sou eu??
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


Outros rabiscos
 
Últ. opiniões
tens um mimo no meu blog..beijito
Pois é miga, com a saúde não se brinca... e contra...
Já não era sem tempo menina loollVenham lá esses ...
Olá Olá a tanto tempo que não vinha aqui para te "...
Aiii aiii o menino, não o disse, mas sem dúvida ap...
Olá minha cara, doce e depravada amiga. São sábias...
Olá minha querida, peço desculpa por só hoje respo...
FELIZ ANO NOVO AMIGA...TENS ANDADO FUJIDA, MAS EU ...
Um feliz 2010! :)Beijinhos*
_________♥☆♥ Cris...tô passando para desejar______...
Rabiscos mais falados